• Mundo
  • Notícias
  • Deputado italiano é expulso, se nega a sair e é retirado a força por seguranças para fora do plenário

Deputado italiano é expulso, se nega a sair e é retirado a força por seguranças para fora do plenário

2 meses ago
49

O deputado italiano Vittorio Sgarbi foi expulso do plenário da Câmara e foi arrastado para fora do local nesta quinta-feira (25). A decisão foi tomada após o político ofender aos gritos as deputadas Mara Carfagna e Giusi Bartolozzi.

A confusão começou quando Sgarbi, do centrista Nós com a Itália, começou a gritar contra os colegas durante os debates sobre um decreto que analisa questões da Justiça do país. Por seu comportamento, Carfagna, que presidia a sessão, pediu para que ele se retirasse do recinto.

Ao se negar, ele foi carregado por quatro seguranças da Câmara.

Outros deputados então começaram a gritar “Vergonha” e a chamar Sgarbi de “palhaço” durante a cena.

“Ele não pode ofender seus colegas e falar palavrões”, disse Carfagna ao ser aplaudida por seus pares.

“Não é a primeira vez que o deputado usa o plenário para suas investidas de desonra. As palavras contra os magistrados são inaceitáveis e sua expulsão era inevitável e justa”, declarou a presidente da Comissão de Justiça da Câmara e deputada do Movimento Cinco Estrelas, Francesca Businarolo.

Fonte: ANSA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *